03 novembro 2005

42

(daqui)

VALSINHA
Vinícius – Chico Buarque

Um dia ele chegou tão diferente do seu jeito de sempre chegar
Olhou-a de um jeito muito mais quente do que sempre costumava olhar
E não maldisse a vida tanto quanto era seu jeito de sempre falar
E nem deixou-a só num canto, pra seu grande espanto convidou-a pra rodar
Então ela se fez bonita como há muito tempo não queria ousar
Com seu vestido decotado, cheirando a guardado de tanto esperar
Depois os dois deram-se os braços como há muito tempo não se ousava dar
E cheios de ternura e graça foram para a praça e começaram a se abraçar
E ali dançaram tanta dança que a vizinhança toda despertou
E foi tanto felicidade que toda cidade se iluminou
E foram tantos beijos loucos, tantos gritos roucos como não se ouviam mais
Que o mundo compreendeu
E o dia amanheceu
Em paz

Parabéns, meu amor.

(Banda Sonora: Marilyn Monroe - "Happy Birthday, Mr. President")

7 comentários:

Miguel disse...

E como numa história de Fadas e com Feitiços Pirlimpimpim ...
Assim Tudo rapidamente aconteceu, pelas 11 h 45 m ...

Querem saber mais?
Visitem o meu Blog ...

Mil Bjks da matilde

Su disse...

adoro esse poema/musica
jocas maradas

Anónimo disse...

Hoje EU é que sou o presidente da xunta. Marilin, eu tb te amo, mas mais ainda a Valsinha do Chico e o beijo do Klimt. Muito mais, por ser a súmula de todas estas coisas, a minha, a muito minha Paula.
An(t)ónimo.

didiefe disse...

Bom, vocês, sem dúvida AMAM-SE!!! God Bless!!!

jacky disse...

Tenho esse quadro na minha sala :)

Uxka disse...

Miguel, Su, Mana, Jacky...beijos para vocês e um especial para a Matildinha.
Tu... hum...

Anónimo disse...

Excellent, love it!
Water filter for fridge Freedom america water filters