03 dezembro 2005

Como enganar o homem

O assunto resume-se basicamente nisto: ou ele faz um seguro de vida fabuloso ou faz análises!
Uma coisa é ser viúva-alegre, outra é ser viúva-alegre e rica!
Ora o homem tem aquela ideia enraizada de que só os outros é que adoecem, têm enfartes, hemorróidas, dores de dentes e escorbuto. E como souberam esses outros infelizes que padeciam de tais maleitas? Disse-lhes o médico! O médico! Degenerado ser, portador de más notícias e chupista viciado na carteira alheia!
De olhos arregalados, o homem chegou assim à brilhante conclusão: a ignorância é a fonte de uma vida longa e sem problemas. E é aqui que entra em cena a mulher.
"Ai que giro, não é que a farmácia tem um gabinetezinho para medir o colesterol? Nunca medi o meu, e se fossemos lá no sábado? São 3 minutos e dão logo os resultados!"
E fomos! Além do colesterol também medem os triglicéridos, a glicemia e a tensão arterial, um luxo! Resultados: a mulher, para além de um alarmante aumento de peso, está bem e recomenda-se. O homem tem todos valores acima do recomendável! A simpática doutora falou-lhe em "quadro de risco", avc's, resumindo: vá ao médico antes que se dê mal.
Cá fora, a mulher: "Mas temos de fazer alguma coisa, desta vez tens mesmo de ir ao médico, fazer análises, sei lá..." e o homem: "Ái mas que engraçada, aquela doutora! E aquela pronúncia do Norte, oh!" Uma mão rápida lançada a um sítio estratégico trá-lo de volta à terra. "Ok, ok... mas isso do médico, como é que se faz?" a mulher: "Ou vais para a fila do Centro do Bom Jesus ou vamos já aqui à Policlínica e despachas o assunto."
Trigo limpo, farinha Amparo! Consulta na hora, receita na mão, análises exaustivas marcadas e a proibição de, entre outras coisas, comer manteiga com pão! Ora isso equivale a cortarem-lhe o apêndice ou vender o Sporting ao Pinto da Costa, pelo que adivinho já lutas renhidas à volta da manteigueira.
De qualquer modo, caso falhe, viro-me para o Plano B: "Amôoore!... Olha-me este Seguro de Vida tãaao giro!"

5 comentários:

Anónimo disse...

És um amor, mas não és um qualquer. És o meu. Bora lá fazer o seguro de vida. I'll race you 'till when we're 80. E aposto que chego primeiro!
Antonymous

Su disse...

gostei de ler, um texto com mta verdade e mto humor
jocas maradas

Uxka disse...

Su :)
Bjo.

Antonymous, deal! E enquanto esperamos pelos 80, I'll race you to the bedroom ;)
Lambeijos

didiefe disse...

Pois claro! Eu não tinha avisado já?! Não me ligam...! Se vejo manteiga nesse frigo no fim de semana nem sei o que te faço!
P.S.- Ok.Pelo sim, pelo não, levo uma embalagenzita de Becel...

Uxka disse...

Argh... becel só mesmo depois de 15 dias à fome! Mas encontrarás sempre no frigo um pacotinho de mantequilla Ilma, oh yeah!